AGEMS fiscaliza execução de melhorias que garantem a continuidade do fornecimento de energia elétrica em Ribas do Rio Pardo

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, novembro 24, 2023 as 13:30 | Voltar

Com o impulso de crescimento causado pela recente expansão industrial, Ribas do Rio Pardo, a 90 quilômetros de Campo Grande, demanda investimentos e garantia de energia elétrica. Atenta a essa nova realidade, a Agência Estadual de Regulação (AGEMS) realiza esta semana fiscalização técnica de Acompanhamento do Plano de Resultados da Energisa sobre a prestação dos serviços da distribuidora no município. 

O foco é a Continuidade Fornecimento de Energia Elétrica, ou seja, o grau de disponibilidade do serviço prestado pela concessionária, que é medido por indicadores que revelam se a duração e a frequência das interrupções estão dentro do que é estabelecido.

Na quarta-feira, a equipe da Câmara Técnica de Energia realizou a reunião de abertura dos trabalhos, em que é apresentado aos representantes da distribuidora o escopo da fiscalização e seu objetivo de garantir e verificar o cumprimento das ações previstas e realizadas para a melhoria da qualidade do serviço. Nesta quinta-feira (23) a equipe foi a campo.

“A fiscalização vai até o dia 25 de novembro, com coletas, análises e verificação de informações sobre as condições de conservação, e de operação e manutenção das redes de distribuição urbanas e rurais e da Subestação de Ribas do Rio Pardo, e também de uma série de obras de melhoria”, detalha o diretor de Gás e Energia, Matias Gonsales Soares.

Qualidade técnica e desenvolvimento

 Em campo, os engenheiros estão conferindo a execução e obras e serviços que incluem:

  • Reestruturação do Sistema de Baixa Tensão – QP RRP 13,8 kV;
  • Melhoria e reforma RD MT AL RRP01, com substituição de postes e cabos deteriorados;
  • Interligações e recondutoramentos de ramais de redes de distribuição rurais – RRP01.

Ao iniciar a fiscalização, a AGEMS enfatizou a importância do Plano de Resultados (Ciclo 2023-2026), referente ao tema Continuidade. O enfoque é o acompanhamento de todos os municípios e os conjuntos elétricos em cada um deles, com meta de reduções mais significativas para os indicadores DEC e FEC onde os indicadores estiverem acima dos limites, e ações de melhorias mais eficazes.

Para o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis, o desenvolvimento acelerado que o Estado vem experimentando exige cada vez mais atenção à infraestrutura e à disponibilidade de serviços como o fornecimento de energia, “e a Agência está comprometida em garantir a qualidade nos níveis que os municípios e os cidadãos precisam”.

 

 

Publicado por: Gizele Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.