Operação Rodovida: AGEMS retira micro-ônibus ilegal de circulação em Maracaju

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, dezembro 30, 2021 as 11:59 | Voltar

Reforço da fiscalização inibe presença de clandestinos nas estradas

Em mais uma ação para retirar das estradas veículos ilegais de transporte de passageiros e garantir a segurança dos usuários, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (AGEMS) apreendeu um micro-ônibus não autorizado. O flagrante aconteceu no perímetro urbano de Maracaju nesta quarta-feira (29), durante a Operação Rodovida, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal.

Sete passageiros eram transportados pelo micro-ônibus. A fiscalização constatou que se tratavam de comerciantes, embarcados em Ponta Porã com destino a Campo Grande. “Mais uma vez nós queremos alertar aos usuários para não embarcarem em carros ilegais. Seja comprando uma passagem ou contratando um fretamento, a viagem com clandestino é um risco para a segurança e não oferece qualquer garantia”, reforça o diretor-presidente da AGEMS, Carlos Alberto de Assis.

A fiscalização em Maracaju abordou para inspeção um total de 14 veículos e ainda autuou outro micro-ônibus, também com sete passageiros, que não chegou a ser apreendido porque está com processo de cadastramento na Agência em andamento.

Balanço

A Operação Rodovida está acontecendo por todo o Estado, em ação conjunta que envolve a AGEMS, PRF e Detran para combater o transporte clandestino e infrações de trânsito.

Nos primeiros dias, às vésperas do Natal, equipes da AGEMS estiveram em diferentes pontos da BR-262, englobando a região de Miranda e o Posto Lampião Aceso, já próximo a Corumbá. Somente nessas localidades, foram verificados 67 veículos entre ônibus, micro-ônibus e automóveis particulares. Duas autuações e multas foram emitidas.

Ônibus e carro de passeio

Um dos ilegais autuados é um ônibus da transportadora Santa Maria Turismo, parceira da empresa de fretamento colaborativo Buser. Embora seja da categoria aluguel, o veículo foi flagrado realizando linha regular, levando 22 passageiros no trecho Campo Grande x Ladário.

Com foco também em coibir o transporte em carro de passeio, mascarado de ‘carona amiga’, a fiscalização identificou e autuou um automóvel fazendo transporte remunerado de Corumbá a Campo Grande.

Para o diretor de Transporte da AGEMS, Matias Gonsales, a presença mais ostensiva da fiscalização tem tido um resultado muito positivo: o de inibir a circulação de ilegais. “Nossa avaliação é que as ações desencadeadas já na semana anterior contra o transporte clandestino fizeram diminuir a presença de carros não autorizados nas estradas. Poucos flagrantes nessa região podem significar que operadores clandestinos desistiram de atuar, agora que a Agência reforçou as ações”, analisa.

Interestadual

A atuação da AGEMS tem foco nas viagens intermunicipais, entre cidades do Mato Grosso do Sul. As equipes também atuam em colaboração com outros órgãos fiscalizadores. Durante as operações, ao constatar um grande fluxo de cerca de 30 ônibus clandestinos na ligação entre Corumbá e o Estado de São Paulo, as informações foram compartilhadas com a Agência Nacional de Transportes Terrestres, responsável pela inspeção desse serviço.

Publicado por: goliveira@agepan

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.